Sexo oral e Saúde bucal

(Texto publicado pela primeira vez em 9 de maio de 2019)

Woof! 🐻🐻🐻 A transmissão de HIV em sexo oral é muito baixa, segundo o #uptodate gira em torno de 1 a 4 em cada 10mil exposições, principalmente para quem chupa/lambe.

Eu já tive sim pacientes que disseram que praticavam apenas sexo oral sem preservativo e se infectaram. A medicina não é uma ciência exata, então vale a pena considerar todas as possibilidades.

Fatores de risco aumentado são gengivite, feridas na boca (inclusive lesões de sífilis que são bem inflamadas), herpes, sexo no período menstrual no caso de pessoas com vagina, sangramentos por escovação vigorosa ou fio dental e claro, ejaculação na boca por parceria com carga viral alta.

Portanto use preservativo no sexo oral (aham rs) ou cuide bem da saúde bucal se for fazer sem!
Teste-se sempre. Acompanhe o Doutor Maravilha. Tudo é prevenção combinada! 😂💦 Arte by @jo_di_art
#doutormaravilha#wonderdoctor#sexooral#oralsex#sexooralehiv#Sexualidade#Sexualidadeentreidosos#Sexualidadefeminina#blowjob#saudelgbt#hivprevention#PrEPhiv#pephiv#prevençãocombinada#lesbica#transexual#gaydoctor#gaybrasil#sexo#medicinacomhumor#medicinacriativa#ursound#bigger#ursosgays#instaurso#instabear#ursossp#ursosdobrasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.